terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Ofertas da Feira do Livro

Ofertas da Feira do Livro

View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: história do)

Tivemos este ano, à semelhança do ano passado, direito a 10% sobre o valor das vendas conseguidas durante a Feira do Livro. Ou seja, foram-nos oferecidos pela Nova Optimapress 8 livros para a Biblioteca Escolar. Escolhemo-los a pensar nos gostos e idades dos nossos alunos e estarão disponíveis para requisição ou leitura presencial a partir do 2º período.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Participação em concurso nacional

A Editora Civilização promove, em parceria com o Plano Nacional de Leitura, um concurso de produção textual sobre o tema "Ler ajuda a crescer...". A Mafalda Machado, aluna do 6º ano, aceitou o nosso desafio para ser a representante da Escola. O seu texto, que bastante apreciámos e abaixo transcrevemos, seguiu já direitinho ao júri. Que vençam os cinco melhores! O prémio, uma Biblioteca com todos os livros do catálogo da Civilização que estejam incluídos no Plano Nacional de Leitura, é tentador!
Ler Ajuda a Crescer

Gostas de ler? Hum, sê sincero… gostas mesmo de ler? Pronto, não te chateio mais. Bem, mesmo que não gostes de ler, nem que seja uma página de um livro, ao menos tenta ouvir por uns minutos uma composição que a minha escola me pediu para fazer sobre o titulo “Ler Ajuda a Crescer”, uma actividade organizada pela Civilização Editora, pode ser?
Olha, vou começar por dizer como é tão importante para mim ler um livro. Quando eu era mais novinha, tinha eu 8 anos não apreciava livros… muito menos lê-los!!!
Só pegava num livro para ver as imagens e se não tinha, era pegar nele com uma mão, guardá-lo numa gaveta e não o voltar a ver! Hoje estou arrependida das atitudes que tinha há uns anos atrás… hoje com os meus 11 anos uma das coisas que mais gosto de fazer é ler! Parece estranho mas, é verídico! E olha que muitas crianças da minha idade que não gostam de ler, faz com que não cresçam tão depressa como aquelas que realmente gostam de o fazer!
Não estás a entender pois não? Repara no titulo… “Ler Ajuda a Crescer”, por isso, se ler é crescer, crescer é ler!
Sabias que cada vez que lês uma página de um livro, estás a aprender uma coisa nova? Agora, depende daquilo que lês.
Eu com este texto, não pretendo que tu leias todos os dias, mas sim, quando tiveres um tempo-livre, em vez de estares “agarrado” ao computador, até à hora de ires dormir!
Porque tu em 10 minutos aprendes muito mais do que 4 horas “colado” ao computador!
Já viste, bastam apenas 10 minutinhos do tempo-livre para aprenderes.
Agora quando me oferecem um livro, seja no Natal ou nos anos, adoro bastante! E quando arranjo um tempinho livre… ai ai, leio uma ou duas páginas e aprendo sempre um lema na minha vida, e isso faz-me sentir cada vez mais adulta.
Mas é preciso ter em atenção, que os livros têm de ser apropriados para a tua idade, porque se vais ler um livro gigante, é bastante maçudo, não se aprende nada e às vezes nem chegas a perceber aquilo que lês, e aí sim, é só perder tempo! E olha que digo isto com alguma razão, já experimentei a ler um dos livros do Harry Potter e eu suava!!! Era enorme, e não é apropriado para a minha idade! Aliás eu só o comprei porque não sabia que era enorme e cansativo…
Os livros bons para a minha idade, são aqueles pequenos, engraçados e com principio, meio e fim.
Espero que tenhas aprendido que ler um livro é um das coisas mais importantes na tua infância! Ás vezes não tens vontade de ser maior? Então, dou-te um conselho, lê um livro!
Olha, posso fazer-te uma pergunta?
Então cá vai… Custou muito teres ouvido o meu texto por 5 minutos? Não!!! A sério? Mesmo? Obrigada!
Vês como é fácil, ouvir um texto que alerta para o mundo da realidade dos livros. Até é interessante. Olha sabe-se lá se um dia não escreves um livro! Pois é…
Bem, mas pensava que tinha sido um bocadinho chato! Mas obrigada por teres gostado de ouvir.
Por isso, não te esqueças de arranjar algum bocadinho para leres umas páginas de um livro, porque, só te faz é bem!
ADEUS, e até à próxima composição!


Mafalda da Cruz Machado
6º ano
EBI C/JI Dr. Manuel Magro Machado

domingo, 28 de dezembro de 2008

A web 2.0 promove a leitura

"Está a surgir uma nova forma de leitura."

Começa assim o artigo do "Público" que nos informa sobre a inauguração de uma biblioteca muito especial. É uma biblioteca digital, criada em parceria com o Plano Nacional de Leitura. Para quem não sabe, e explicado de uma forma muito simples, trata-se de um site onde estão livros inteiros à disposição de qualquer pessoa, à distância de um "clique".
A Biblioteca de Livros Digitais tem neste momento 9 livros destinados a crianças e jovens, mas nos próximos meses o número aumentará para 44. Para além de poderem ler as histórias, os utilizadores desta inovadora biblioteca podem ainda apreciar as ilustrações e ouvir alguns actores interpretar as personagens. Muito interessante, não é? Mas as surpresas não acabam aqui! Ao fazerem o registo no site, os utilizadores tornam-se "amigos" da biblioteca e têm a oportunidade de participar na secção "Os Livros da Malta", onde cada um pode acrescentar algo no final de qualquer livro.
Apetece ir espreitar, não? Basta clicar aqui!

sábado, 27 de dezembro de 2008

Muitos livros novos na BE

Obras do Plano Nacional de Leitura
View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: pnl plano)


Assim que nos foi comunicado o valor da verba atribuída à Escola pelo Plano Nacional da Leitura para aquisição de obras PNL de ensino pré-escolar, 1º e 2º ciclos iniciámos o processo de selecção dos livros que viríamos a adquirir quando a verba nos fosse disponibilizada pelo Gabinete de Gestão Financeira. Mas não nos ficámos por aqui... No final do ano lectivo 2007/2008 a Equipa Coordenadora da Biblioteca Escolar elaborou um projecto de leitura para o 3º ciclo e enviou-o para o Plano Nacional de Leitura. Já no início deste ano lectivo foi-nos comunicado que o nosso projecto tinha sido aprovado e, consequentemente, a Escola receberia mais uma verba, desta vez para aquisição de obras do 3º ciclo. Terminadas as compras, temos muitos livros novos e prontinhos para descobrir. Salientamos que, segundo orientações do PNL, adquirimos vários exemplares de cada título, consoante o número de alunos das turmas.
Brevemente serão divulgados os livros adquiridos para o ensino pré-escolar e 1º ciclo.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Biblioteca Escolar - Estatística 1º Período

Chegado o final do 1º período é altura de avaliar o funcionamento da Biblioteca Escolar e, entre os vários campos em avaliação, há que dar atenção às requisições domiciliárias. Mês a mês, os resultados são estes:

Setembro

Nº de requisições - 70
Documento mais requisitado - Livro "Não faz mal ser diferente"
Leitor com mais requisições - Carina Carrilho (4º ano)


Outubro

Nº de requisições - 172
Documento mais requisitado - Filme "Flushed away: por água abaixo"
Leitor com mais requisições - Rute Oliveira (7º ano)

Novembro

Nº de requisições - 105
Documento mais requisitado - Filme "Chicken Little"
Leitor com mais requisições - Liliana Rosa (1º ano)


Dezembro
Nº de requisições - 50
Documento mais requisitado - Livro "Três histórias de amor"
Leitor com mais requisições - Luís Barradas (3º ano)


1º Período

Nº de requisições - 397
Documento mais requisitado - Filme "Bee movie: história de uma abelha"
Leitor com mais requisições - Liliana Rosa (1º ano)

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Aconteceu na última semana do 1º Período

A professora Elisabete Pereira e os alunos do 7º ano desenvolveram um projecto muito interessante no decorrer do 1º período. Pesquisaram jogos tradicionais, preparam cada um deles com muito cuidado e convidaram os restantes alunos da Escola para experimentarem no pátio várias destas actividades tradicionais.






As professoras Ana Reis (Educação Moral Religiosa e Católica), Helena Tomás (Educação Visual) e os alunos do 3º ciclo trabalharam o tema "Natal" nas disciplinas referidas. O resultado, bem bonito, está exposto no corredor em frente à Biblioteca Escolar. Vale a pena espreitar!




terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Plano Nacional de Leitura - 2º Ciclo



"O Pote de Mel - A História do Mundo numa Fábula Maia", de Rigoberta Menchú Tum, é uma obra recomendada para leitura orientada. Durante algumas aulas de Estudo Acompanhado, os alunos do 6º ano leram os vários contos e, em pequenos grupos, elaboraram resumos. Hoje, na presença da Coordenadora da BE, cada grupo apresentou um conto aos restantes elementos da turma e produzimos um pequeno vídeo. Ficou combinado que faremos um trabalho mais elaborado, e com outras obras do PNL, para apresentação à escola no decorrer da Semana da Leitura.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Os cantores do 6º A

O grupo de alunos que constitui a turma A do 6º ano dirigiu-se hoje, pelas 13.30 horas, ao Centro Infantil de Santo António das Areias com o objectivo de cantar uma canção de Natal aos colegas mais novos e oferecer-lhes postais elaborados para esse efeito.
Também o grupo de alunos do 5º ano foi, pelas 16 horas, ao Centro de Dia de Santo António das Areias para cantar e oferecer postais aos utentes.
Esta actividade foi uma proposta das docentes do Departamento de Línguas.

video

Clube de Leitura III



Decorreu hoje a terceira sessão do "Clube de Leitura", actividade a desenvolver ao longo do ano no âmbito do Plano Nacional de Leitura do 3º ciclo.
A Filipa e a Ana Carolina, alunas do 7º ano, apresentaram aos colegas o conto "A boneca de cera".

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

60 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

«Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade."

Artigo 1.º da Declaração Universal dos Direitos do Homem



A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi adoptada pelas Nações Unidas em 10 de Dezembro de 1948. Composta por René Cassin, a partir de um documento de John Peter Humprey que resultou da compilação e análise de diversos documentos de Direitos Humanos, a DUDH delineia os direitos humanos básicos que cada ser humano deve usufruir. Teve como origem primordial os abalos provocados pela 2ª guerra mundial, na medida em que os Estados Fundadores da ONU aspiravam construir um mundo sob novos alicerces ideológicos.

O ano de 2008 é um marco histórico. Um ano que marca, a 10 de Dezembro, os 60 anos desde o nascimento deste importante documento que é a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Assim, as campanhas da Amnistia Internacional tornam-se um meio de relembrar aos Estados a importância da DUDH e evidenciar que muitas violações de Direitos Humanos continuam a ser
cometidas.


Convidamos todos a aderirem às iniciativas planeadas pela Amnistia Internacional e a agirem no sentido de promover o respeito pelos direitos humanos. Uma forma de o fazer é conhecer e divulgar este filme animado de 20 min, realizado em 1988, por Stephen Johnson, que reúne 41 desenhadores, músicos e produtores que deram vida aos 30 artigos da DUDH.

Amnistia Internacional Portugal

domingo, 7 de dezembro de 2008

Sessões de Sensibilização na Escola

video

O Projecto Mundo Brilhante é da responsabilidade de uma pequena equipa multidisciplinar composta por psicólogos educacionais e animadores sócio-culturais. Estes contadores de histórias visitam as escolas e dinamizam sessões lúdico-pedagógicas, que partem das necessidades/sugestões dos professores e são adaptadas às diferentes faixas etárias.

No dia 5 de Dezembro a Biblioteca Escolar recebeu o Dr. Alfredo Leite, director pedagógico do Projecto Mundo Brilhante, e os alunos da Escola participaram nas diferentes sessões que solicitámos:

Pré-escolar

"As aventuras da Yolita na terra da montanha lilás" - Conto e sensibilização para a importância da criatividade

1º ciclo

"Quero crescer, quero ler" - sessão de sensibilização sobre a importância da leitura.

2º ciclo

"O menino que não gostava de ler" - Conto e actividades

3º ciclo

"Sexualidade, um mundo de questões" - Reflexão sobre as questões essenciais

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

A Árvore da BE





E aqui está o projecto que, há uns dias atrás, a Nádia Mimoso e algumas alunas colaboradoras da BE tinham entre mãos: a Árvore de Natal.
Ficou tão bonita!
As caixinhas para prendas (que se vêem na base da árvore) foram feitas na aula de Educação Tecnológica, pelos alunos do 8º ano e pela professora Helena Tomás.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Dia Mundial da Luta Contra a SIDA

Assinala-se hoje o Dia Mundial da Luta Contra a SIDA e, porque esta doença não escolhe idade, sexo, raça ou religião, informar/educar é preciso. Para prevenir.

O filme "Philadelphia" passa hoje no canal RTP1, mas num horário tardio...






sábado, 29 de novembro de 2008

"Marvão - à mesa com a tradição"

Amanhã, 30 de Novembro, pelas 16.00 horas, decorre na Junta de Freguesia de S. Salvador da Aramenha a apresentação do livro "Marvão - à mesa com a tradição", da autoria de Adelaide Martins, Emília Mena e Teresa Simão. As Edições Colibri, a Câmara Municipal de Marvão e a Junta de Freguesia de S. Salvador da Aramenha apoiam a apresentação deste livro. Ainda a propósito do seu lançamento, será apresentada uma conferência sobre a gastronomia do Alentejo pelo Sr. Professor Doutor Francisco Ramos, Professor Catedrático da Universidade de Évora.
(Uma das autoras, Emília Mena, é mãe da Mafalda Machado, aluna colaboradora da BE.)

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Clube de Leitura II


Os alunos do 7º ano continuam a dinamizar o Clube de Leitura, uma actividade do projecto "Plano Nacional de Leitura - 3º ciclo" da Escola. Hoje foi a vez do Pedro e do Miguel, escolheram o texto D. Caio. Da primeira sessão do Clube para esta vimos o público aumentar e, por isso, todos nós que estivemos envolvidos na organização da actividade ficámos muito contentes. A pouco e pouco, esperamos, o gosto pela leitura alargar-se-á a toda a população escolar!

Dom Caio
View SlideShare presentation or Upload your own.

D. Caio

Era um alfaiate muito poltrão, que estava trabalhando à porta da rua; como ele tinha medo de tudo, o seu gosto era fingir-se de valente. Vai de uma vez viu muitas moscas juntas e de uma pancada matou sete. Daí em diante não fazia senão gabar-se:
- Eu cá mato sete de uma vez!
Ora o rei andava muito aparvalhado, porque lhe tinha morrido na guerra o seu general Dom Caio, que era o maior valente que havia, e as tropas do inimigo já vinham contra ele, porque sabiam que não tinha quem mandasse a combatê-las. Os que ouviram o alfaiate andar a dizer por toda a parte: “Eu cá mato sete de uma vez!” foram logo metê-lo no bico do rei, que se lembrou de que quem era tão valente seria capaz de ocupar o posto de Dom Caio.
Veio o alfaiate à presença do rei que lhe perguntou:
- É verdade que matas sete de uma vez?
- Saberá Vossa Majestade que sim.
- Então nesse caso vais comandar as minhas tropas e atacar os inimigos que me estão cercando.
Mandou vir o fardamento de dom Caio e fê-lo vestir ao alfaiate, que era muito baixinho, e que ficou com o chapéu de bicos enterrado até às orelhas; depois disse que trouxessem o cavalo branco de Dom Caio para o alfaiate montar. Ajudaram-no a subir para o cavalo, e ele já estava a tremer como varas verdes; assim que o cavalo sentiu as esporas botou à desfilada, e o alfaiate a gritar:
- Eu caio, eu caio!
Todos os que o ouviam por onde passava diziam:
- Ele agora diz que é o Dom Caio; já temos homem.
O cavalo, que andava acostumado às escaramuças, correu para o sítio em que se combatia, e o alfaiate com medo de cair ia agarrado às crinas, a gritar como um desesperado:
- Eu caio, eu caio!
O inimigo, assim que viu o cavalo branco do general valente e ouviu o grito: “Eu caio, eu caio!”, conheceu o perigo em que estava, e disseram os soldados uns para os outros:
- Estamos perdidos, que lá vem o Dom Caio; lá vem o Dom Caio!
E botaram a fugir à debandada; os soldados do rei foram-lhes no encalço e mataram-nos, e o alfaiate ganhou assim a batalha só em agarrar-se ao pescoço do cavalo e em gritar: “Eu caio”.
O rei ficou muito contente com ele e, em paga da vitória, deu-lhe a princesa em casamento, e ninguém fazia senão louvar o sucessor de Dom Caio pela sua coragem.


Teófilo Braga, Contos Tradicionais do Povo Português, Dom Quixote

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

O segundo "Chá de Letras"


Foi assim o segundo "Chá de Letras". Servimos chá, livros e revistas aos professores, alunos, alunos EFA e funcionários que estiveram na BE entre as 16 e as 17 horas. Obrigada a todos! E o próximo "Chá de Letras" fica marcado para 27 de Janeiro, combinado?

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

O que estão elas fazendo?


A Nádia (auxiliar da BE) e algumas alunas colaboradoras da Biblioteca têm entre mãos um projecto. Alguém sabe o que se passa? Aceitamos palpites e publicaremos no blogue as respostas mais criativas. Enviem as vossas ideias para o email da BE:

bibescmmm@gmail.com


Antes e depois


ANTES

DEPOIS

Pedimos à professora Olga Rego (Educação Visual e Tecnológica) que nos fizesse uma moldura para o expositor de destaques da BE. Os materiais utilizados foram, simplesmente, cartão e tinta e o resultado é o que se vê.

Obrigada, Olga, por teres tornado tão bonito o expositor da BE!

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Detalhes da Feira do Livro

Para abrir o apetite, aguçar curiosidades, aqui ficam algumas fotos da Feira do Livro. Sim, já começou! Todos os dias, até 30 de Novembro, das 9 às 12 e das 14.30 às 19.30.


sábado, 22 de novembro de 2008

Próximas actividades da BE


24 de Novembro – Início da Feira do Livro

Temos tantas novidades! E, para além dos livros de várias editoras, é com muito gosto que expomos e vendemos os trabalhos dos alunos da CERCI de Castelo de Vide. Há tanto por onde escolher que o difícil será decidir o que levar para casa…

27 de Novembro – “Chá de Letras"

A pedido de muitos alunos vamos continuar esta actividade. Decorrerá no dia 27 de cada mês, já que o primeiro chá foi servido no Dia das Bibliotecas Escolares da RBE, 27 de Outubro.


28 de Novembro – “Clube de Leitura”

O Pedro Caldeira e o Miguel Ângelo Felício apresentam, a quem comparecer, um conto ou poema… É surpresa! Começa às 16 horas.

domingo, 16 de novembro de 2008

José Saramago

José Saramago nasceu na aldeia de Azinhaga, concelho da Golegã, no dia 16 de Novembro de 1922. No entanto, o próprio Saramago diz que, por atraso dos pais no registo, tem o aniversário oficial a 18 de Novembro...
Foi viver para Lisboa com os pais ainda não tinha três anos. A sua vida não foi fácil. Fez o ensino secundário e não pôde continuar os estudos devido às dificuldades económicas da família. Teve de começar a trabalhar: o primeiro emprego foi como serralheiro mecânico, depois desenhador, funcionário da saúde e da previdência social, editor, tradutor, jornalista.
Publicou o seu primeiro livro, “Terra do Pecado”, em 1947. A sua bibliografia é extensa e, em 2001, publicou “A Maior Flor do Mundo”, uma história para crianças, que se concretiza numa breve mas interessante narrativa.

(Produzido em 2007, o filme ganhou o prémio de melhor animação do Anchorage Internacional Film Festival e foi nomeado para os Goya na categoria de melhor curta-metragem. José Saramago aparece no filme, como narrador e como personagem.)
Este escritor recebeu já inúmeros prémios, entre os quais o Prémio Camões, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores em 1995 e, em 1998, na Suécia, o Prémio Nobel da Literatura.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

O trabalho da Cátia e da Rute

Duas alunas do 7º ano, a Cátia e a Rute, apresentaram hoje a colegas, funcionárias e professoras da Escola a Fábula do Velho, do Rapaz e do Burro. Para esta actividade do Plano Nacional de Leitura do 3º ciclo, a Cátia e a Rute empenharam-se muito e, por isso, estão de parabéns. Até fizeram um powerpoint para acompanhar a leitura do texto!
Fábula


View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: fábula burro)
O Velho, O Rapaz e o Burro
O Mundo ralha de tudo,
Tenha ou não tenha razão,
Quero contar uma história
Em prova desta asserção.
Partia um velho campónio
Do seu monte ao povoado,
Levava um neto que tinha
No seu burrinho montado.
Encontra uns homens que dizem:
"Olha aquela que tal é!
Montado o rapaz que é forte,
E o velho trôpego a pé."
"Tapemos a boca ao mundo",
O velho disse: "Rapaz,
Desce do burro, que eu monto,
E vem caminhando atrás."
Monta-se, mas dizer ouve:
"Que patetice tão rata!
O tamanhão de burrinho,
E o pobre pequeno à pata."
"Eu me apelo", diz prudente
O velho de boa-fé,
"Vá o burro sem carrego,
E vamos ambos a pé."
Apeiam-se, e outros lhe dizem:
"Toleirões, calcando lama!
De que lhes serve o burrinho?
Dormem com ele na cama?"
"Rapaz", diz o bom do velho,
"Se de irmos a pé murmuram,
Ambos no burro montemos,
A ver se inda nos censuram".
Montam, mas ouvem de um lado:
"Apeiem-se, almas de breu,
Querem matar o burrinho?
Aposto que não é seu."
"Vamos ao chão", diz o velho,
"Já não sei qu hei de fazer!
O mundo está de tal sorte,
Que se não pode entender.
É mau se monto no burro,
Se o rapaz monta, mau é;
Se ambos montamos, é mau,
E é mau se vamos a pé!
De tudo me têm ralhado,
Agora que mais me resta?
Peguemos no burro às costas,
Façamos inda mais esta."
Pegam no burro: o bom velho
Pelas mãos o ergue do chão,
Pega-lhe o rapaz nas pernas,
E assim caminhando vão.
"Olhem dois loucos varridos!",
Ouvem com grande sussuro,
"Fazendo mundo às avessas,
Tornados burros do burro!"
O velho então pára e exclama:
"Do que observo me confundo!
Por mais que a gente se mate,
Nunca tapa a boca ao mundo.
Rapaz, vamos como dantes,
Sirvam-nos estas lições:
É mais que tolo quem dá
Ao mundo satisfações."
La Fontaine, Fábulas

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Tunas em Santo António das Areias


A Casa do Povo de Santo António das Areias promove no dia 15 de Novembro de 2008, pelas 21:30 horas, o seu II Encontro de Tunas a realizar nas instalações do Grupo Desportivo Arenense.
As receitas destinam-se a apoiar o projecto de construção do Lar de Idosos da Casa do Povo da localidade.
Estão convidadas 5 tunas que actuam graciosamente e assim se juntam em solidariedade com a instituição, no que promete ser "uma noite agradável e diferente".

Presentes estarão a EnfTuna - Escola Superior de Enfermagem de Portalegre, Tuna Papasmisto - Tuna Mista do Instituto Politécnico de Portalegre, Grupo Académico Seistetos da Universidade de Évora, Vetuna - Tuna de Medicina Veterinária de Lisboa e Hallituna - Escola Secundária de São Lourenço Portalegre.

sábado, 1 de novembro de 2008

A Maratona de Contos



A semana passada foi diferente. Os alunos foram todos os dias à BE, acompanhados pelas suas professoras, desde o pré-escolar ao 4º ano.
Pegámos no livro "Abada de Histórias", de António Mota, e seleccionámos 5 delas.
Pedimos à nossa colega Olga Rego que nos fizesse uma bonita caderneta de cromos, baseada nas histórias a trabalhar durante os 5 dias, e assim foi. Convidámos as professoras Ana Reis e Margarida Mangerona para contarem duas das histórias por nós escolhidas e... assim foi.
Na segunda-feira, a professora Fernanda Fernandes contou a história "A velha e o garrafão". Em seguida, os alunos receberam o álbum de cromos e, na primeira página, encontraram três cromos por colorir. Pintaram apenas os dois que se relacionavam com a história.
Na terça-feira, a professora Helena Tomás contou a história "As cabras do Pedro". Os alunos receberam depois sete peças que formavam três cromos sobre a história. Juntaram as partes certas, ordenaram as imagens de acordo com a sequência da história e colaram os cromos no álbum.
Na quarta-feira, a professora Paula Morgado contou a história "Que medo!". Os cromos do dia foram desenhados e coloridos pelos alunos, mas só depois de se ter decidido quais os momentos mais importantes da história e que deveriam ficar registados sob a forma de cromo no álbum. (Não existe fotografia para a quarta-feira porque a professora Paula Morgado costuma ser a repórter fotográfica mas nesse dia estava a contar uma história...)
Na quinta-feira, a professora Ana Reis contou a história "Como nasceram as zebras". Encontraram no álbum de cromos, para essa história, um único cromo gigante. A tarefa consistiu em encontrar uma zebra pequenina entre muitos outros animais grandes.
Na sexta-feira, a professora Margarida Mangerona contou a história "A galinha vadia". Todos os alunos receberam, nesse dia, três cromos com ilustrações da autoria da professora Olga Rego e pintados pela Nádia Mimoso, auxiliar da BE. Depois de colocados pela ordem correcta, foram colados na última página do álbum. As cadernetas de cromos, que estiveram na BE durante toda a semana, foram levadas pelos alunos na sexta-feira.
Terminada a semana, concretizada a actividade de forma tão satisfatória, queremos deixar um agradecimento às professoras Ana Reis e Margarida Mangerona por terem tão prontamente concordado em contar uma história, à professora Olga Rego por ter elaborado o álbum de cromos em tão pouco tempo, às alunas colaboradoras da BE por terem ajudado a cortar tantos materiais e à Nádia Mimoso por ter colorido os últimos cromos como uma verdadeira ilustradora!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Cinema na BE


Às vezes a Biblioteca Escolar transforma-se numa convidativa sala de cinema... Que o digam os alunos de 1º e 2º anos, que hoje assistiram a um "assustador" filme do Scooby Doo para assinalar a tradição do Halloween. Entre as 16.45 e as 17.30 foram muitas as gargalhadas que se ouviram na BE.


quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Baile de Halloween

O Departamento de Línguas da EBI C/JI Dr. Manuel Magro Machado organizou um baile para festejar o Halloween. Teve lugar no refeitório da Escola, entre as 18 e as 22 horas, e a animação foi muita. Ficam as fotos, o vídeo e uma sondagem para escolher a pose mais gira de entre as fotos numeradas de 1 a 26.






segunda-feira, 27 de outubro de 2008

O Dia das Bibliotecas Escolares


Foi um dia de grandes correrias, mas muito engraçado.

  • Começámos por contar uma história, a professora Fernanda Fernandes iniciou a "Maratona de Contos".
  • No bar da Escola, durante o intervalo grande da manhã, projectámos uma apresentação em powerpoint e os alunos ficaram a conhecer as mais belas bibliotecas do mundo.
  • À hora de almoço estreámos o concurso TotoCDU e os alunos de 2º e 3º ciclos andaram à caça de alguns livros.
  • Às 16 horas recebemos muitos meninos e meninas no nosso "Chá de Letras". As fotos retratam bem o entusiasmo dos alunos durante esta actividade.
  • Às 18 horas e trinta minutos, com a preciosa ajuda de três alunos colaboradores da BE, recebemos os alunos e os professores dos cursos EFA no "Chá de Letras".

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

SLOGAN BE

video

“Semana da Biblioteca Escolar”

Olá, eu sou o Diogo e tenho 6 anos. Estou no primeiro ano, na Escola Doutor Manuel Magro Machado.
Posso ser ainda muito novinho, mas já gosto muito de ler e de ouvir contar histórias. E tu, queres ser um bom leitor como eu? É fácil! Vem à Biblioteca Escolar, requisita livros e lê.
Vais ver que não dói nada!

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

"Chá de Letras" e outras actividades...

Entre 27 e 31 de Outubro festeja-se na BE a semana da Biblioteca Escolar. Preparámos algumas actividades que decorrerão ao longo destes 5 dias:
"MUSEU DE CONTOS"

Os alunos de 2º e 3º ciclos organizaram uma interessante exposição. Leram muitos contos, fizeram resumos e trouxeram objectos referidos nas histórias.


"MARATONA DE CONTOS"

De segunda a sexta-feira, entre as 9.45 e as 15.00, os alunos do ensino pré-escolar e 1º ciclo vão à BE ouvir histórias contadas por vários professores da Escola.

CONCURSO "TOTOCDU"
(Ideia original da Biblioteca do Agrupamento Vertical de Castelo de Paiva)

Durante o dia 27 de Outubro, os alunos do 2º e 3º ciclos põem à prova os seus conhecimentos. Conhecerão eles todos os cantinhos da BE?

PAINEL "COMO SONHAS UMA BIBLIOTECA"?

No corredor em frente da Biblioteca será exposto um painel com vários textos. Desafiámos os professores da escola a descrever a sua "biblioteca ideal"...

"CHÁ DE LETRAS"

A Equipa Coordenadora da Biblioteca Escolar tem o prazer de convidar todos os professores, alunos e funcionários para o “Chá de Letras”. No dia 27 de Outubro, a partir das 16 horas, contamos com a vossa presença na Biblioteca.
Descobrir um livro, folhear uma revista ou encontrar um filme enquanto é servido um chá e saboreado um biscoito é o que oferecemos a quem comparecer.

Para reservar lugar é preciso fazer a inscrição na BE!